domingo, dezembro 04, 2011

Churrasqueiras

Pode parecer simples, mas preparar uma carne na churrasqueira requer muitos cuidados. O que nem todo mundo lembra é que, além da técnica do chef, é preciso contar com uma churrasqueira bem dimensionada, que deixe o alimento na altura adequada: nem muito perto, nem muito longe da brasa.

E não é só esta posição que interfere na qualidade do equipamento. É preciso executá-lo adequadamente, de forma a permitir a perfeita vazão da fumaça, a iluminação ideal, a temperatura interna correta, entre outros fatores a execução correta do componente implica diretamente no funcionamento adequado sem ocasionar retornos de fumaça e problemas estruturais, como trincas e fissuras.


O modelo pré-fabricado foi instalado pela arquiteta Gleice Cantero e possui tubo de exaustão de chapa pintada eletrostaticamente, que evita que a peça descasque e perca a cor, em razão do calor e da fumaça. As laterais receberam fechamento com vidro.

De alvenaria ou pré-fabricada? 

Primeiramente é preciso escolher o tipo de churrasqueira. As de alvenaria são construídas no local desde sua base, coifa e chaminé. A execução requer o trabalho de um profissional experiente, pois é feita de forma artesanal. Na construção são usados materiais refratários para manter o calor. Elas podem receber acabamentos que vão dos tradicionais tijolos aparentes a cerâmicas, pedras e texturas.

Onde instalar?

O local de instalação também é importante. As churrasqueiras de alvenaria são pesadas. Para instalação em um sobrado, por exemplo, a laje tem de suportar tal carga. Aconselho que, no projeto da residência, o local da churrasqueira esteja indicado desde cedo, para que seja preparado um eventual reforço estrutural, além da passagem da chaminé.

No local da instalação, o ideal é que a parede esteja rebocada e livre de umidade. O contrapiso deve ser reforçado para sustentar seu peso.

Bem iluminada

As lâmpadas eletrônicas (econômicas) não podem ser usadas dentro da churrasqueira porque não resistem a temperaturas elevadas. Já as lâmpadas incandescentes podem ser usadas com bocal de cerâmica. Hoje em dia, as lâmpadas dicróicas são muito usadas para iluminação interna de churrasqueiras, pois não alteram a cor da carne e a instalação elétrica não deve passar pela caixa de carvão (refratária), pois essa parte da churrasqueira aquece muito, podendo causar derretimento dos fios e, consequentemente, curto-circuito.




De alvenaria, a churrasqueira (1,06 m de largura x 0,65 m de profundidade) projetada sob medida para atender ao projeto das arquitetas Isabella Nalon e Gigi Gorenstein é revestida com tijolinhos aparentes e possui nichos para armazenar a lenha. O projeto foi executado com forno e fogão a lenha acoplados.


A churrasqueira pré-fabricada, que já constava no projeto original do prédio, mede 0,60 m de altura x 0,80 m de largura, e ganhou borda de inox. A arquiteta Jamile Helou aplicou lambris de freijó sobre a cerâmica, para dar um acabamento rústico, emoldurando a churrasqueira. A bancada de mármore carrara e o inox utilizado na borda garantem o requinte.


O modelo escolhido para o projeto da designer Marli Assis foi o pré-fabricado (com 1,20 m de largura, 0,70 m de profundidade e 0,90 m de altura), com sistema de caixa refratária, gaveteiro-cinzeiro, coifa com lâmpada, dutos, chapéu chinês de aço inox escovado e exaustor de aço inox. Marli conta que foi necessário fazer um fechamento de parede e instalar uma chaminé (com 7 m de comprimento e passagem de ar de 10 polegadas) que desviasse a fumaça dos dormitórios. Para revestir, pastilhas de vidro foram escolhidas.


Na reforma executada pela arquiteta Valéria Crespi nessa residência, a área de lazer ganhou destaque especial. A churrasqueira (com 0,92 m de altura, 1,20 m de largura e 0,65 m profundidade) é pré-fabricada, montada no local, e tem a base de alvenaria revestida com tijolos aparentes (boca de 50 cm x 95 cm). A chaminé ultrapassa o pano de vidro de fechamento da área em 1,40 m, é feita de chapa metálica (com pintura de tinta esmalte para metais, grafite escuro) e seu diâmetro é de 25 cm.





Com criatividade, o arquiteto Oscar Leite criou este elemento que se destaca no lazer. A churrasqueira (com 1,10 m de altura, 0,90 m de largura e boca de 0,90 x 2,60 m) foi construída com alvenaria de tijolos de cerâmica, massa grossa desempenada, massa refratária, blocos e plaquetas refratários. Depois, foi revestida com madeira cumaru, mesmo material utilizado em todo o ambiente. A chaminé, feita de chapa de aço galvanizado, tem 4,5 m de altura e duto com 30 cm de diâmetro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário