sábado, maio 22, 2010

Sala de Jantar

A Decoração de Sala de Jantar  bem como a adoção de móveis de sala de jantar tem seu valor e aspecto importantes, dado que este ambiente está em uma área social e, mais ainda, integrado com a sala de estar e sala de TV na maioria das moradias da atualidade. Na Sala de Jantar além de nossos próprios filhos e parentes, recebemos, também, amigos o que a torna parte de um espaço de convívio muito maior formado por vários ambientes.

ESPAÇO E DIMENSÕES DO MOBILIÁRIO

Podemos encontrar salas de jantar que possuem armário ou cristaleira, aparador e até outros móveis, no entanto, é bom lembrar que caso haja espaço para a adoção destes móveis com a intenção de suprir armazenagem, eles deverão comportar todos os itens, ou seja, tudo deve ter o seu lugar. Ao guardar algo se não houver um lugar específico, isto pode representar prejuízos e desapontamento. O mobiliário deve ser bem planejado e adequado para atender suas necessidades de espaço. Assim, é necessário verificar se o móvel que deseja apresenta as dimensões ideais para suportar todo o armazenamento de itens que deseja guardar. É sempre bom lembrar que móveis planejados podem colaborar com o ganho de cada centímetro do espaço proporcionando a otimização dele. 

ESTILO

Como sempre o primordial para qualquer projeto de decoração surge em conhecer a resposta da seguinte questão: Qual é seu estilo? Para tal, é necessário responder: Que cor gosta? Quais tipos de salas de jantar você já viu e quais os que mais gostou? Que tipo de mobiliário prefere? Prefere ambientes mais, ou menos minimalistas? Que tipo de material que você mais aprecia em uma decoração? Responda com o que realmente sente sobre estas questões e anote tudo. Uma forma para responder estas questões, encontra-se em exemplos de revistas, mostras, internet e diversos outros lugares. Olhe com atenção a sala de jantar e o mobiliário e escolha aquela que faz seu estilo.

LAYOUT DA SALA

As cadeiras quando puxadas para se sentar devem fornecer um espaço livre para circulação em passagens e corredores. O ideal é que as posicionadas com as costas para a ou as paredes, também preservem estas distâncias, caso haja espaço para isso. Entretanto, sabemos, hoje, que os espaços reservados para as salas das novas moradias são pequenos. Neste caso, entre a mesa e a parede deve haver o espaço necessário de forma que a cadeira possa ser puxada para que uma pessoa se sente confortavelmente.

Lembre-se que o mobiliário deve atender os moradores em gosto e número. Pense assim: Não tem sentido em uma moradia com 4 moradores, ou mesmo, que receba uma média de 5 pessoas, não ter um mobiliário necessário para atendê-los, como, por exemplo, um conjunto de mesa e cadeiras que permitam que se sentem apenas 3 pessoas. Claro que toda regra tem exceção, no entanto, existem algumas alternativas no mercado que permitem a versatilidade de móveis para espaços pequenos.

A possibilidade de uma sala multifuncional, também não deve ser descartada. Por exemplo, já começa a ser comum em espaços pequenos, ter-se um escritório durante o dia e uma sala de jantar na noite. Se este é o caso é importante adotar um mobiliário que tenha a versatilidade para atender estas situações diferentes.

MOBILIÁRIO E MATERIAIS

O vidro, de certa forma, é considerado um elemento contemporâneo. Ele sugere frieza, transparência e leveza dos ambientes. É uma boa opção para composição do mobiliário em pequenos espaços.

A madeira traz aquecimento e aconchego ao ambiente, porém ela pode diminuir a sensação de espaço, fazendo-o parecer menor. 

O metal, como o vidro, sugere a sensação de frieza e pode dar requinte a uma decoração quando bem aplicado. Neste caso, a presença dele bem distribuída em detalhes pode dar charme e criar uma decoração leve, moderna e até mesmo contemporânea, à sala de jantar.

O “plástico”, melhor dizendo, a resina, muito utilizada no mobiliário contemporâneo e moderno, é outra opção. É comum ver-se salas de jantar compostas pela clássica mesa e cadeiras Saarinen (Retrô) em resina que apresentam um toque especial de design e história. Em geral, sugerem leveza dependendo da forma e tamanho que apresentam.

Os tecidos poderão ou não, serem utilizados nas cadeiras, claro, dependendo da cadeira. Existem diversos como sarja, camurça, veludo, jacquard, etc. Caso goste de padrões, se a sala de jantar for pequena escolha padrões de gravataria, pois não saturarão visualmente o espaço. As cadeiras não necessariamente deverão ser iguais. É muito comum a alternância de duas cores, caso não use padrões, ou mesmo, formas diferentes nas que ficam nas extremidades da mesa. O uso de cores é uma boa opção, porém é importante que todas ou a maior parte delas tenham cor clara, em espaços pequenos. Também é certo pensar na manutenção dos tecidos, por isso, é importante que sejam impermeabilizados para facilitar a limpeza.

Tapete: Ele dá uma “amarração” e mesmo charme ao ambiente. Não é  aconselhado em condições de grande tráfego ou em que se esteja propenso a sujar constantemente, o que se tratando de sala de jantar pode ser muito comum. Outra coisa muito importante é que este tapete não deve de forma alguma prejudicar o movimento das cadeiras.

REVESTIMENTOS

O ideal é que as paredes façam um pano de fundo, ora para harmonizar com, ou ora para destacar objetos e/ou móveis distribuídos pelo sala de jantar criando um todo harmônico, ou mesmo, um centro de atenção.

LUZ   

Com relação à luz muito já foi dito sobre sua importância aqui neste blogsite. Continuo afirmando que nenhum trabalho de decoração pode resistir se a iluminação não for adequada. A iluminação tem um significado fundamental para determinação de climas adequados para diversas situações.

Além disso, ela pode interferir na sensação de dimensão do espaço, fazendo-o parecer maior ou menor. A forma de iluminação adotada pode ser de vários tipos, por isso, novamente busque exemplos e perceba neles as possíveis maneiras de usá-la para criar climas nos ambientes. Tente perceber as sensações que um exemplo de iluminação cria em você? Aí está a resposta para seus sentidos. Até mesmo a luz de velas bem colocada, complementando a iluminação já existente, pode gerar momentos inesquecíveis e especiais em nossa vida.

Outra opção que acho interessante é o uso de pendente sobre a mesa para dar charme e beleza à sala de jantar. Ele até pode fazer um belo contra ponto representando um estilo mais clássico enquanto todo o mobiliário tem um aspecto mais moderno, por exemplo. O uso de luzes de apoio também pode ser importante para criar climas e efeitos especiais na sala. Enfim, no que se trata de luz artificial, o principal é que este tipo de iluminação deve proporcionar claridade suficiente para momentos em que há visitas, festas, etc. E mais ainda, a possibilidade de ajuste para uma iluminação branda ideal para momentos íntimos de um jantar a dois.

Não se esqueça da luz natural que também tem um papel importantíssimo na decoração, e por isso, ela deve ser observada com cuidado neste ambiente. Muita atenção para o efeito dela sobre as cores escolhidas para avaliar se realmente a cor lhe oferece a sensação visual de tonalidade que deseja.

ORNAMENTOS E OBJETOS DECORATIVOS

A escolha de um belo centro de mesa de murano,vidro ou outros materiais,  por exemplo, pode criar um belo centro de atenção, no entanto, tome cuidado para que ele não seja alto ou chamativo o suficiente para acabar “brigando” com o lustre que foi escolhido para ser o centro das atenções na sala de jantar. Ao escolher os objetos pense no destaque pelas cores, material, formas etc. Os quadros são boas pedidas para completar a decoração inclusive como guia para cores que pontuarão o ambiente. A única coisa é que precisam ser bem colocados.

Espelhos são uma opção interessante para aumentar a sensação de dimensão de um ambiente. No entanto, particularmente, não acho interessante que as pessoas se vejam comendo enquanto jantam ou almoçam. Então sugiro que ao colocar um espelho, procure fazê-lo de forma a criar a sensação de amplitude posicionando de maneira que ele não atrapalhe e nem venha a tirar a atenção das pessoas para outra ocorrência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário