segunda-feira, agosto 22, 2011

Como acertar ao escolher a cor das paredes

 Dicas de Pintura (Como Criar Efeitos)


Escolher a cor das paredes é um importantíssimo passo, que determinará toda a decoração. Além disso, é vital para fazer com que um cômodo pareça mais amplo, alegre, luminoso, quente.

Antes de pintar, é importante consultar vários mostruários, pois varia muito dependendo da marca da tinta. Escolha um tom mais claro do que você gosta, pois a tinta tende a escurecer uma vez aplicada na parede. Peça ao píntor que realize várias amostras de 1m² sobre várias paredes. Deixe-as secar e as observe em diferentes horas do dia. O efeito ótico varia segundo a quantidade de luz e sua intensidade.

Cores e suas influências

Dicas sobre as Cores

Amarelo Amarelo, alegre e vital: inunda sua casa de luz.
Um cômodo pintado com esses tons desperta o intelecto e estimula a criatividade. Fica perfeito em espaços escuros, pois potencializa a luz natural e também em quartos infantis, cozinhas e banheiros, já que são capazes de criar ambientes com energia. Combina bem com madeiras claras e enfatiza as escuras. Se aplicá-lo em dormitórios, melhor optar pelas tonalidades claras, mais indicado para um ambiente de descanso. Fica muito bem se combinado com complementos e roupas de cama em ocre, beje, marrons ou branco.


Laranja Laranja, fonte de energia: personaliza cada canto.
Com a luminosidade do amarelo e a impulsividade do vermelho, a cor laranja ajuda a se relacionar, desperta o apetite e diminui a fatiga. Os tons mais "escuros" contagiam um cômodo com seu calor. Seus tons mais suaves potencializam a luz e é ideal nos ambientes rústicos. Pode-se usar ainda um tom intenso para expressar personalidade a um canto ou à uma parede. Realça a beleza das madeiras, as fibras vegetais e o couro. Por ser tão versátil, encaixa-se bem em todo tipo de estilo e em qualquer cômodo.

Vermelho Vermelho, vital e envolvente: mostra personalidade.
A cor do fogo aplicada nas paredes transmite vitalidade e desejo de ação.Os tons mais intensos, como o vermelho inglês e o cereja, precisam de cozinhas, salões ou banheiros amplos e luminosos, para poder criar ambientes íntimos e envolventes. Os bordôs mais apagados conseguem espaços acolhedores e de ar natural, sempre que combinados com outros revestimentos e móveis claros. Suas variações mais suaves - como o morango - são muito fáceis de integrar. Transmitem dinamismo e são mais dinâmicos que os anteriores, pode-se  usar, inclusive, em quartos infantis (detalhes). Curiosidade: Uma simples contemplação de uma superfície vermelha pode acelerar o nosso pulso. 

Verde Verde, luminoso e fresco: produz um efeito sedante.
A cor da esperança e da segurança, associada à natureza, é adequada para pintar qualquer ambiente, sobre tudo salas e zonas de trabalho e estudo. Calmante e luminoso, é capaz de criar ambientes acolhedores em sua tonalidade escura; alegrar espaços pequenos se escolhido um verde água ou maçã; encher de personalidade uma parede pintada em pistache. Enquanto que os verdes claros têm um tom mais atrevido, os escuros se revelam mais sofisticados. Ao ser quente e frio - por surgir da mistura do azul e do amarelo -, pode-se combinar o verde com qualquer outra cor.


Azul Azul, relaxante e tranqüilo: ajuda a conciliar o sono.
Evoca o céu e o mar e. Por seu efeito relaxante e tranqüilizador, é perfeito para pintar as paredes de dormitórios, escritórios e as salas de referições diárias. O azul claro é um clássico em quartos de meninos, pois acalma sua energia; o anil alegra ambientes escuros, já que transmite claridade, enquanto que o lavanda cria sensação de profundidade em espaços pequenos, ao alargar visualmente as paredes. Em qualquer tonalidade harmoniza com peças pintadas em branco e ressalta madeiras claras. Fica muito bem se usado em casas costeiras, para recriar salas, banheiros ou cozinhas de estilo mediterrâneo ou marinho.
Dica: Tenha cautela com os tons mais escuros e com ambientes monocromáticos, que levam à introspecção - situação não recomendável para pessoas depressivas. 

Lilás Lilás e rosa, toque ingênuo: casa muito bem com o branco
O rosa representa a beleza e a ingenuidade, ainda que em suas tonalidades escuras se torna mais sofisticado. A lavanda, por outro lado, é a cor da cordialidade e da delicadeza. Com matizes semelhantes, acerta-se em dormitórios infantis e em espaços decorados com móveis brancos. Os rosas pastel e lilás harmonizam bem com as cores frias, enquanto que os tons salmão e coral combinam melhor com os tons quentes. Os tons pálidos ficam melhores em cômodos pequenos, uma vez que se perdem se o espaço for grande. Fica muito bem com a presença de trechos brancos e decoração delicada.
Os tons violetas estão ligados à intuição e a espiritualidade, por isso indicado para locais de meditação. Os seus tons claros acalmam e aconchegam, contudo em tons fortes, pode agravar o estado depressivo. 


Branco Branco, paz: multiplica a luz e o espaço.
É um dos mais utilizados na hora de pintar os espaços pequenos ou com pouca luz natural, como corredores e halls de entrada, pois reflete a luz e dá a sensação de ampliar o espaço. Passa o sentimento de infinito e estimula a imaginação criativa. A cor "osso" é recomendada para salões luminosos, já que valorizam a entrada de luz e combinam com qualquer madeira. Além de tudo, os móveis e os complementos escuros se destacam mais sobre um fundo branco. É perfeito para disfarçar um pilar. Para que o resultado não seja muito frio, convém incorporar telas e detelhas em cores quentes.

Creme Creme e beje passam serenidade e realçam a decoração.
Podem ser quentes ou frias, depende a cor à qual se associe. Elegantes, possuem um efeito calmante, o que os tornam perfeitos para decorar as paredes de salas e dormitórios. De qualquer forma, pela sua neutralidade, encaixam bem em qualquer cômodo e estilo. O resultado é perfeito, quando a intensão for dar profundidade a um corredor estreito, iluminar um espaço escuro ou passar calor a um ambiente frio. Ressaltam a textura de telas (pinturas) e de móveis de madeiras escuras. Para criar um ambiente natural, pode-se utilizar também a mesma gama de neutros em tecidos e complementos.

Terra Tons terra, muito quentes: ambiente natural e sóbrio.
Se associam a pessoas realistas, muito seguras de si mesmas e simbolizam a conexão com a natureza. Em todas suas variedades - areia, argila, terra, terracota... - estas cores quentes recriam salas e dormitórios naturais e frescos, ou cozinhas e banheiros sóbreos e originais. Para caracterizar um cômodo, é aconselhável um forte terracota; e se deseja uma sala mais luminosa, prefira um tom mais dourado e quente como o caramelo.
Sua consistência terrosa proporciona a estas cores um aspecto natural, ainda mais bela quando entra em contato com a luz.


Preto Preto, ausência de cor
É a cor que menos reflete luz. O ideal é que ele seja utilizado moderadamente como recurso para realçar outras cores, em detalhes, do que em grandes áreas. Pode expressar agressividade.

Dicas de Pintura

Para encurtar seu ambiente: Aplique tons escuros nas paredes menores. Essa técnica é recomendada para espaços muito compridos/retangulares.

Para alongar seu ambiente: Aplique cores mais escuras em duas paredes opostas. Essa técnica é ideal para espaços quadrados.

Para rebaixar o teto: Você deve aplicar cores mais claras nas paredes e uma cor mais escura no teto.

Para elevar o teto: Você deve aplicar cores mais escuras nas paredes e uma mais clara no teto.

Para alargar o corredor: Você deve pintar as paredes menores e o teto com tons mais escuros. As outras paredes devem ser pintadas com cores mais leves.

Para alongar a parede: Você deve aplicar duas cores numa mesma perde, com a divisa à meia altura. Pinte com cores mais escuras a parte inferior e utilize tons leves na parte superior.

Para encurtar a parede: Você deve aplicar duas cores numa mesma parede, com divisa à meia altura. Pinte com cores mais claras a parte inferior e utilize tons escuros na parte superior.

Para disfarçar objetos: Pinte a parede com cores próximas a do objeto.

Para valorizar objetos: Pinte a parede com cores contrastantes a do objeto.

As cores frias, como azul, violeta e verde, ampliam o ambiente. São aconselháveis para aqueles que desejam passar uma sensação de espaço e dimensão. 

Cores quentes, como vermelho, amarelo e laranja, tornam o ambiente visualmente menor. Além disso, são estimulantes.

Carnaval, só na avenida. A utilização de muitas cores "alegres" juntas pode causar confusão visual. O contraste impactante, mas com número moderado de cores, é mais bem-vindo. 

Quanto mais escuras, mais "pesadas" são as cores. Por isso, existe a tendência de utilizar tons escuros próximos ao chão, com a finalidade de fundamentar o ambiente. A falta delas torna o cômodo visualmente opressivo, como num hospital. 

Se estiver na dúvida, trabalhe com apenas uma cor, variando seus tons e matizes. Para quebrar a monotonia, detalhes contrastantes e mobília em cores diferentes são aconselháveis. 

O design da mobília fica favorecido se houver contraste entre sua cor e os tons da parede. 

Cores primárias, quando usadas em demasia, cansam a vista. Para áreas grandes, como paredes, prefira tons mais claros da mesma cor. 

Cores complementares são importantes para dar harmonia ao ambiente. Veja qual complementa qual : Azul / Laranja ; Roxo / Amarelo; Vermelho / Verde.

As cores vivas dão um aspecto excitante, principalmente quando utilizada em matrizes contrastantes; já as cores neutras conferem um aspecto calmo e tranqüilo. Elas podem, também, ser quentes (vermelho, amarelo, laranja) ou frias (azul, verde, violeta). A maioria dos decoradores recomenda que seja estabelecido um equilíbrio entre cores quentes e frias. Se as cores frias são predominantes em seus móveis, escolha uma tinta em cor quente para a parede, por exemplo. Vale lembrar que em ambientes tranqüilos, como os de estudo, devem prevalecer cores neutras.
 
Observe alguns exemplos de esquemas decorativos para ambientes:
- esquema decorativo simples: fundo neutro + acessório de tom forte de uma cor.
Ex: ambiente branco ou marfim + acessórios vermelhos.
- esquema decorativo complexo: fundo neutro + acessórios de duas tonalidades diferentes, porém combinados.
Ex: ambiente marfim + acessórios vermelhos e caramelos.
- esquema complexo e harmonioso: fundo neutro + acessórios de três tonalidades diferentes sendo duas cores quentes e uma fria.
Ex: ambiente branco + acessórios de tom laranja, amarelo e verde.
- esquema mais requintado: fundo neutro + acessórios de duas tonalidades, porém uma delas com estamparia.
Ex: ambiente branco + acessórios verde escuro e verde claro com a estamparia em verde e rosa.
- esquema de cores tranqüilizantes: fundo neutro + acessórios de cores frias.
Ex: ambiente branco + acessórios azuis
- esquema de cores que exaltam: fundo neutro + acessórios de cores quentes.
Ex: ambiente branco + acessórios vermelhos














7 comentários:

  1. Amei seu blog! Super inspirador e criativo!

    ResponderExcluir
  2. Adorei esse blog e queria uma idéia.
    Minha sala que tem piso granito branco dallas tem escada granito cor café imperial e um painel na direção da escada que será pintado de marrom no tom mais claro da pedra da escada. Que cor posso pintar a parece? Posso usar o erva doce, ou ou trigo? Qual fica melhor?Adorei esse blog

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    Gostaria de receber uma sugestão para pintar um piso de cerâmica que fica no quintal com uma área de convivência. A casa será pintada de branco neve e pretendo usar tons fortes como vermelho na decoração. Que cor pinto esse piso de cerâmica desse ambiente?
    Outra dúvida é sobre a cor da garagem, que é um cimento muito velho e feio e fica logo na entrada da casa. Qual a sua sugestão de cor?

    Parabéns pelo blog, é muito inspirador, lindo!

    Obs: Pode me responder em meu email? walkiria_vaz@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Adorei suas dicas! Mas ainda tenho uma dúvida.
    Minha casa tem janelas de alumínio com vidro incolor. Tem bastante iluminação natural. as portas e teto são branco. Você acha que usar o tom Areia da Suvinil vai escurecer os ambientes? Gostaria de sua opinião.
    Obrigada desde já!
    Janaína

    ResponderExcluir
  5. olá, boa noite, preciso revestir uma fachada da minha igreja e nao tenho ideia de como executar o serviço com conbinação de cores, tenho vontade de revestir com as pastilhas de 6 por 6 cm, por favar me ajude.
    um abraço e boa noite

    ResponderExcluir