quarta-feira, abril 13, 2016

Por que as casas vitorianas são tão assustadoras?



Mansão do filme “Psicose”, de Alfred Hitchcock.

Os norte-americanos têm uma idéia muito específica sobre o que faz uma casa parecer assustadora. Se você procurar por “casa assombrada” nas imagens do Google, apenas um tipo de arquitetura aparece nas primeiras 25 imagens: mansões vitorianas. A historiadora de arte Sarah Burns, da Universidade de Indiana, escreveu sobre o fenômeno em 2012:


“Certamente, existem outros tipos de lugares que nós associamos com fantasmas: castelos do velho mundo, masmorras, e criptas […] no entanto, nenhuma permanece e domina a paisagem visual de assombrações como a casa vitoriana hoje”.

Por que nós consideramos a arquitetura com design caracteristicamente vitorianas, como escadas íngremes, torres, pilares ornamentares e varandas cavernosas como tão assustadoras? O fenômeno pode ter suas raízes nas mudanças culturais do início do século 20, bem como duas marcantes produções da cultura pop: A Família Addams e o filme Psicose, de Alfred Hitchcock.


A mansão mal-assombrada da Disney conta também com “fantasmas” vitorianos.

A arquitetura vitoriana não era considerada particularmente sinistra até por volta da década de 1930, quando as revistas começaram a apresentar esse estilo de construção como algo a ser odiado. “Havia um medo mais intenso e repugnância ao estilo vitoriano durante esse período“, disse Burns, professora emérita da Universidade. “Os escritores e artistas e designer simplesmente rejeitaram-na. E eles falavam sobre isso nos mais exagerados termos – que elas eram sujas, assustadoras, perversas, terríveis e monstruosas”. O estilo vitoriano de arquitetura residencial estava na moda especialmente na década de 1860 na América, mas nas décadas posteriores passou a ser identificado com um consumo vulgar, excessivo e visível.

Até o século 20, a arquitetura vitoriana era vista como ultrapassada: a arquitetura mundial era agora moderna, evitando a decoração ornamentada de habitação vitoriana para algo mais simples e arejado. Isso foi parte de uma mudança cultural mais ampla: nos Estados Unidos, tudo era sobre o progresso tecnológico, social, e industrial, e era necessário varrer o passado para fora. As casas vitorianas estavam na contramão do discurso arquitetônico dominante. Elas eram o oposto de casas limpas,


 abertas e leves.A “Murder House” usada na série American Horror Story era uma mistura do período vitoriano, renascentista e gótico.

Por isso, faz sentido que as pessoas começaram a associar as casas ornamentadas vitorianas, onde talvez seus avós tinham vivido, como algo velho, decadente e cheio de teias de aranha. Além disso, as casas vitorianas eram escuras, eram usadas cortinas pesadas para proteger os tapetes e móveis contra o sol – e o que há de mais assustador do que uma casa cheia de mofo, coberta de papel de parede e cortinas pesadas?

No final da dos anos 30, a reputação da mansão vitoriana assombrada foi solidificada pela criação da Família Addams, que estreou com um elenco de personagens macabros a partir de 1938. A casa da família era retratada como uma decrépita casa vitoriana, e em 1964 a adaptação televisiva começou com uma cena da casa de família vitoriana assustadora.

Depois veio Alfred Hitchcock, o mestre dos filme de terror. Muitos de seus filmes envolvem mansões vitorianas, mas Psicose, feito em 1960, realmente tornou a arquitetura em um ícone. A mansão da família Bates é a definição do assustador, e tem todas as armadilhas da casa arquétipo vitoriana: o telhado íngreme, o ornamento floral, escada, móveis e cortinas, assim como segredos obscuros.


Hoje em dia, é difícil dizer o que veio primeiro: que nós pensamos nas mansões vitorianas como assustadoras ou que a cultura pop nos apresentou-as como mansões assustadoras. Mais por quase um século os potenciais fantasmas estão espreitando as casas vitorianas atrás da nossa imaginação. Isso não quer dizer que a arquitetura vitoriana é o único tipo de imobiliário que tendemos a rotular como assustador: há uma longa lista de histórias de terror envolvendo as grandes fazendas de escravos, assim como castelos medievais. Mas se você está procurando por uma mansão assombrada, são grandes as chances de que ela seja vitoriana.


TRADUZIDO E ADAPTADO DO ARTIGO “WHY ARE VICTORIAN HOUSES SO CREEPY?” ESCRITO POR SHAUNACY FERRO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário